Conheça os principais sintomas do câncer de pele

Mesmo sendo um dos tipos de cânceres mais diagnosticados no Brasil, os sintomas do câncer de pele costumam ser discretos e apenas olhos mais atentos conseguem notar as alterações.

A exposição ao sol de forma excessiva e sem os devidos cuidados é tida como uma das principais causas da doença. Tanto que não é exagero quando você ouve repetidamente a recomendação dos dermatologistas de que sempre deve usar protetor solar.

Para identificar os sintomas desse tipo de câncer é utilizado o exame ABCD, que consiste em observar pintas e manchas na pele. Além dele, outros sinais são levados em conta, já que pode se tratar de carcinoma basocelular, carcinoma espinocelular ou melanoma, que ocorrem nas camadas mais profundas da epiderme

O câncer não-melanoma é o mais comum, sendo o carcinoma basocelular correspondente pela grande maioria dos casos de tumores na pele. É mais fácil de ser diagnosticado e tem maior chance de cura.

Tipos de câncer de pele

Como você viu na introdução deste artigo, são três os tipos de câncer de pele. Agora você vai conhecer um pouco mais sobre cada um deles:

Carcinoma basocelular

O carcinoma basocelular lembra uma pequena mancha que vai crescendo lentamente. Fonte da imagem: Tua saúde.

Atinge as camadas mais profundas da pele e é mais comum em regiões do corpo que ficam mais expostas ao sol, como rosto e pescoço. Sua aparência é a de um caroço ou mancha que vai crescendo devagar. É mais frequente em pessoas que possuem pele clara e tem mais de quarenta anos de idade.

Carcinoma espinocelular

sintomas do câncer de pele

O carcinoma espinocelular é mais comum nos homens e forma uma casquinha na pele. Fonte da imagem: Tua Saúde.

Também ligado à exposição excessiva ao sol costuma aparecer em regiões do corpo a que não se dá muita atenção, como o couro cabeludo, as orelhas e o pescoço. Pode aparecer também em membranas mucosas e na boca. Sua aparência pode ser de uma mancha ou nódulo, avermelhado, com casquinhas na superfície, e que não cicatriza sozinho.

Esse tipo de câncer de pele é mais comum nos homens e costuma crescer rapidamente.

Melanoma

sintomas de câncer de pele

O melanoma lembra uma pinta que vai crescendo ou deformando aos poucos e é o câncer de pele mais perigoso. Fonte da imagem: Wikipédia.

O melanoma é o tipo de câncer de pele mais grave. É caracterizado por manchas ou pintas e pode atingir braços, pernas e o dorso. O sinal na pele vai deformando e crescendo conforme o tempo passa e geralmente apresenta coloração diferenciada.  

Se não tratado com antecedência pode atingir outros órgãos, como os pulmões. O exame ABCD ajuda a identificar se os sinais que apareceram ou se modificaram na pele,  trata-se de um tumor maligno.

O exame ABCD

O exame ABCD é muito comum na identificação de tumores na pele do tipo melanoma, mas também ajuda a identificar alterações em qualquer pinta ou mancha.

Se observado um ou mais sintomas de câncer de pele é indicado procurar por ajuda profissional e fazer alguns exames. Quanto antes identificado o tumor, maiores são as chances de cura.

Leva em conta as seguintes características em uma pinta, sinal ou mancha:

  • Assimetria

Pintas na pele nem sempre são sinais de câncer e muitas pessoas as possuem. O grande detalhe é que devem ser sempre simétricas. O mesmo é válido para as manchas. Qualquer diferença notada deve ser comunicada imediatamente ao seu dermatologista.

  • Borda Irregular

As manchas e pintas devem ter borda lisa, geralmente arredondada, quando isso não acontece, pode haver algo errado.

  • Cor

Os sinais que você tem na pele podem ser vermelhos, pretos ou marrons, mas devem ter uma única cor. Se você nota mais de uma cor em um mesmo sinal, pode ser indício de tumor na pele.

Nos casos de carcinoma é possível encontrar também caroços de cor branca, rosa claro ou bege.

  • Diâmetro

Outro fator que é observado no exame ABCD é o diâmetro. Manchas e pintas nunca podem ter mais do que 6 milímetros de diâmetro.

Principais sintomas de câncer de pele

Há outros sintomas de câncer de pele que podem ser observados. É preciso ficar atento à:

Feridas ou nódulos na pele que não saram

Feridas que aparecem constantemente no mesmo lugar, não cicatrizam e sangram sem motivo não são normais. Se notou algo assim em alguma região do corpo, marque uma consulta com seu dermatologista.

Feridas e nódulos de cor diferente

Esse sintoma é observado nos carcinomas. Se possuem cor branca, avermelhada ou rosa as feridas ou nódulos devem ser observadas com um pouco mais de atenção.

Feridas com casquinha e secreção

Caso tenha se machucado é normal que apareça uma casquinha quando o ferimento estiver sarando. Agora se essa ferida tem casquinha e secreção, não sara e apareceu sem nenhum motivo pode ser um sinal do câncer de pele.

São observadas tanto nos carcinomas quanto nos melanomas, sendo que no último caso é uma mancha ou pinta que acabou virando uma ferida.

Verrugas

Verrugas merecem atenção especial se mudarem de aparência ou começarem a crescer de repente. São observadas nos carcinomas basocelular e espinocelular.

Aparência que lembra cera

Nódulos malignos na pele que têm aparência perolada dando a impressão de que estão cobertos com cera, são um sintoma comum do carcinoma basocelular.

Mancha ou caroço que cresce rapidamente

Quando notar manchas ou caroços que estão crescendo em alguma parte do corpo você deve se manter atento. Esse crescimento acontece rapidamente, geralmente em poucos meses e pode ser em tamanho ou espessura.

Esse sintoma ocorre nos casos de carcinoma espinocelular.

Mancha ou nódulo com sinais de envelhecimento brusco

Notou que apenas parte da sua pele está enrugada, perdeu elasticidade e teve mudanças de pigmentação? Esse é um dos sinais do carcinoma espinocelular.

Caroço endurecido

Caroços ou nódulos na pele não devem ficar endurecidos. Se há descamação e vazamento de algum líquido, há motivos para se preocupar e conversar com seu médico. Esse sintoma é muito comum do carcinoma espinocelular.

Coceira e sangramento sem motivo

Nos casos de melanoma são observados coceira e sangramento sem motivo em alguma parte do corpo. A não-cicatrização também é comum na região afetada pelo tumor.

Esses são os principais sintomas de câncer de pele observados. Apesar de haver grandes chances de cura, o melhor é não ignorá-los e consultar seu dermatologista assim que observar qualquer alteração na sua pele.

Quer saber mais sobre o assunto? Continue a acompanhar as novidades do blog.

preenchimento com ácido hialurônicocâncer de pele tem cura