Entenda para que serve o peeling químico

Os tratamentos estéticos estão cada vez mais em alta, afinal de contas, se sentir bem com a própria aparência é de extrema importância para manter a autoestima e, consequentemente, uma boa saúde mental.

Por isso, muitas pessoas se preocupam com a aparência da pele, especialmente a do rosto. Para resolver o problema, elas apostam em variados procedimentos estéticos e um deles é o peeling químico.

Você sabe para que ele serve? Continue lendo, conheça mais sobre esse procedimento e tire as principais dúvidas!

Para que serve o peeling químico?

Existem vários tipos de peeling, sendo o químico um dos mais comuns. Nesse tipo, são aplicadas substâncias ácidas sobre a pele que, por sua vez, ajudam a remover as camadas mais superficiais. Isso acaba por promover a síntese de uma nova camada, com maior quantidade de colágeno e, consequentemente, com aparência mais jovem.

A palavra ácido pode deixar algumas pessoas assustadas, mas a substância utilizada é específica para ser aplicada na pele e com a presença de um profissional devidamente qualificado, não há com o que se preocupar. As principais substâncias utilizadas nesse tipo de procedimento são o ácido glicólico, ácido salicílico e o ácido retinóico.

Entenda agora sobre os tipos  de peeling químico que existem no mercado e os principais benefícios desse procedimento para a pele!

Quais os tipos de peeling químico?

Superficial

Esse tipo de peeling é completamente indolor e atinge a camada mais superficial da pele, não alcançando os receptores responsáveis pelo mecanismo da dor. Pode causar sim um leve desconforto ou uma sensação de queimação, mas não chega ao ponto de precisar aplicar anestesia ou qualquer outro tipo de sedação.

Ele é indicado para pessoas que desejam melhorar a textura da pele, atenuar rugas mais finas e discretas, além de remover manchas mais superficiais.

É ótimo, por exemplo, para pessoas mais jovens que começaram a se incomodar com as alterações do tempo. É preciso fazer manutenção com 6 a 12 semanas de intervalo entre um peeling e outro.

Médio

Como você pode imaginar, esse tipo de peeling atinge camadas mais profundas que o tipo anterior, levando cerca de 4 dias para que ocorra a cicatrização. Durante a aplicação pode ocorrer leve sensação de ardor que desaparece em poucos minutos.

Powered by Rock Convert

Ele é bastante indicado, por exemplo, para quem tem sardas ou manchas mais profundas. Se você pretende fazer esse tipo de peeling, precisa ficar protegida do sol por cerca de 5 dias, até que ocorra a descamação total e inicie-se a síntese de uma nova camada.

Profundo

Esse é o tipo mais agressivo. É indicado para pessoas que possuem, por exemplo, cicatrizes causadas pela acne ou outras marcas profundas de linha de expressão.

Como estamos falando de um tipo mais potente, as concentrações de ácido são mais elevadas. Dessa forma, você precisará de cerca de 1 semana longe do sol para que a pele cicatrize por completo. O uso do protetor solar é indispensável.

Quais os principais benefícios do peeling químico para a pele?

O peeling químico consegue oferecer diversos benefícios. A redução de cicatrizes, seja por qual motivo for, é um deles. Você não terá mais tanto trabalho ao aplicar a maquiagem para disfarçar as imperfeições.

Outro benefício é a remoção de manchas, que podem ter sido causadas por exposição solar, cicatrização ou mesmo por conta da idade, as chamadas manchas senis.

Existe também outro benefício como o fato de reduzir a oleosidade da pele, excelente para quem tem problemas com acne. O peeling químico também atua prevenindo o desenvolvimento de cravos e espinhas e, é claro, deixa a pele mais jovem, com mais colágeno e menos linhas de expressão.

Os cuidados após o peeling são tão importantes ou até mais que o próprio procedimento. Por isso, é essencial seguir todas as recomendações profissionais com precisão.

Assim, usar protetor solar com FPS de acordo com o seu tipo de pele e reaplicá-lo periodicamente (a depender do tipo de protetor) é muito importante. Manter o tempo de repouso sem se expor à luz solar também é um fator a ser considerado antes de marcar e fazer o procedimento.

Procure uma clínica de estética na qual você possa confiar e um profissional realmente capacitado, com o qual sinta-se seguro.

Gostou de aprender mais sobre o peeling químico? Acesse o blog para ler mais textos e dicas sobre o assunto. Precisa de mais informações? Entre em contato!

1
Olá! Posso te ajudar com alguma dúvida sobre agendamento de consultas?
Powered by
câncer de pele tem cura